Como Funciona a Alimentação do Pug Filhote

Dicas de alimentação para Pugs Filhotes

Nesse artigo você vai ver: Alimentos que podem ou não ingerir, as melhores rações disponíveis no mercado e como evitar a obesidade do seu cachorrinho Pug.

Resultado de imagem para pug filhote

A alimentação de um Pug, varia de acordo com seu peso e tamanho encontrado nas embalagens das rações nos mercados, deve ser alimentado de 2 a 3 vezes por dia mantendo água a vontade. Até os 12 meses seu Pug é considerado um filhote e a quantidade de ração varia de 90 a 100 gramas por dia, sendo utilizada a ração para filhotes, a partir de 12 meses o Pug é considerado adulto e assim teremos mudança de ração e a quantidade diária da alimentação variando dessa vez de 85 a 110 gramas.

Como eles desde pequenos, gostam muito de comer temos a responsabilidade de escolher a ração mais adequada para nosso Pug. Um cão pode se dar bem com uma determinada ração e outro não, então devemos sempre estar atentos ha vômitos, fezes moles e manchas na pele.

Dicas de rações desde o desmame até a fase adulta de seu PUG

  • Para o desmame de seu cachorrinho , devemos introduzir o leite de substituição de cachorro ( no caso do cachorro ser muito bebê podemos utilizar a seringa de uso oral na boca do filhote) , sugestões:

PicturePicture

 

  • Para o Pug com 2 meses devemos usar uma ração de filhotes que deverá usada até 10 ou 12 meses de idade. Seguem alguns exemplos:

PicturePicturePicturePicture

Picture

  • A partir dos 12 meses de vida do cachorro Pug, deve ser introduzida na alimentação a ração para cão adulto, sempre de uma forma moderada para que ele acostume com a mudança (DICA: devemos misturar um pouco da ração antiga e da nova, aumentando a quantidade da nova gradualmente até ela ser inserida completamente na alimentação de seu cachorrinho).

 

PicturePicturePicturePicturePicturePicture

 

  • E a partir dos 8 anos deve-se utilizar uma ração mais adequada para a idade de seu cão como:

 

PicturePicturePicture

 

PicturePicturePicture

Essas rações alem de acompanharem a idade de seu cachorro pug, também podem ajudar a combater doenças como:

  • excesso de peso,
  • Alergias digestivas ou dermatológicas,
  • Desnutrição,
  • Anorexia,
  • Problemas de dentes,
  • Diabetes,
  • Problemas Gastro-intestinais,
  • Outros.

Todas as pessoas amantes desses animaizinhos carinhosos e amorosos, querem com certeza o bem, a saúde e a felicidade de seu cachorrinho, só que para que tudo isso aconteça devemos tomar alguns cuidados necessários, iremos te ajudar a tomar algumas  decisões para que seu Pug tenha uma vida mais saudável, fazendo com que depois de seguir essas dicas, ele tenha a vida que todos os cachorros queriam ter, com saúde, carinho, boa alimentação e energia para poder compartilhar com você os melhores momentos da vida dele . Veja mais nesse video

Como Evitar a Tendência dos Pug’s à Obesidade.

Resultado de imagem para montagem de pug

        Os cachorros da raça Pug, na maioria dos casos, terão uma vida saudável, desde que seus donos saibam da intolerância com excessos de calor e exercícios físicos exagerados, devido a ser uma raça braquicefálica (caracterizada pelo focinho curto e meio achatado), pode apresentar problemas respiratórios quando praticada a atividade física, uma característica interessante pois essa raça tem uma tendência a obesidade, citaremos dicas para evitar a obesidade de seu cachorrinho Pug a seguir.

  1.   A obesidade de seu cão esta ligada a uma alimentação errada, falta de exercícios físicos e fatores genéticos, como esses animais são cães de pequeno porte, mas com um apetite muito grande, devemos ter um controle diário na quantidade de ração.  
  2. Outra dica , que acontece, e que pode levar seu cão a obesidade é o exagero na oferta de petiscos, sendo que ele já tem sua porção de ração diária esse exagero pode levar a obesidade.
  3. Devido a pesquisas em famílias, também acontece do dono dar várias guloseimas que o próprio dono come, atendendo o olhar de pidão de seu animalzinho, devemos evitar esse comportamento pois  também leva a obesidade do cão, e além de ser prejudicial a saúde pois podem desencadear em seu cão dores, alergias e irritações no sistema digestivo, porque nem tudo que comemos nosso cão também pode comer.

Oque o seu Pug pode ou não comer

Não pode :

  • chocolate: Contém teobromina , que é tóxica para um cachorro quando ele ingere de 100 a 150 mg por quilograma de seu peso corporal, se por exemplo deixar uma caixa de bombom em casa e sair e seu cachorro abrir e comer tudo , deve leva-lo ao veterinário pois ele pode até morrer de overdose de chocolate
  • Abacate: Contém uma substância tóxica chamada persina , e que pode causar desarranjo gastro-intestinal
  • Café: O café contém componentes perigosos chamados xantinas que causam danos no sistema nervoso e urinário do animal
  • Uvas ou Uvas-passas: Já foram registrados que cachorros comeram 6 uvas e tiveram insuficiência renal agúda.
  • Comidas Gordurosas: Causa desarranjo intestinal e pode desencadear em um caso mais grave como pancreatite , pode ser fatal em alguns animais .

Pode:

  • Rações (Respeitando a idade)
  • Frutas cítricas de maneira moderada
  • Biscoitos para cães
  • Cenoura crua
  • Osso ( Recomendamos o de joelho de vaca , pois não soltam lascas que podem causar feridas no sistema digestivo)

Se essas informações foram uteis a você, ou se você está com alguma dúvida, ou se não concorda com algum dos itens e gostaria de expressar sua opinião, deixe seu comentário! Ficaríamos muito felizes em saber sua opinião!

Veja onde encontrar cães da raça pug